Últimas Notícias
Capa / Agricultura / Prefeitura investe no crescimento da agricultura familiar

Prefeitura investe no crescimento da agricultura familiar

O programa facilitará o escoamento dos produtos do pequeno produtor rural / Fotos: Marina Melo

O programa facilitará o escoamento dos produtos do pequeno produtor rural / Fotos: Marina Melo

Com o objetivo de promover o acesso à alimentação e incentivar a agricultura familiar, a Prefeitura Municipal de Sacramento, através da Superintendência do Desenvolvimento do Agronegócio, e Associação dos Produtores Rurais de Sacramento estão recomeçando o PAA (Programa de Aquisição de Alimentos).

O Programa compra alimentos produzidos pela agricultura familiar, com dispensa de licitação, e os destina às pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional e às instituições filantrópicas.

Em Sacramento são 51 produtores que irão fornecer produtos, como ovo, produtos in natura, queijo, dentre outros, para nove instituições. São elas: Sociedade Civil e Religiosa das Mensageiras do Amor Divino – Mosteiro; Casa do Menor Rosa da Mata; Casa Infanto-Juvenil São Vicente de Paulo de Sacramento; Lar de Eurípides; Abrigo Doce Lar da Criança; Vila Alexandre Simpson; Associação Fraterna Corina Novelino; Núcleo de Apoio aos Toxicômanos e Alcoólatras (NATA); e Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais). O cadastro geral das instituições contabiliza 956 pessoas beneficiadas.

No dia 17 de março, terça-feira, o prefeito Municipal de Sacramento, Bruno Cordeiro, vai receber a presidente da Associação, Aguinelina da Silveira, para a assinatura do convênio. “Esta iniciativa é fundamental para o crescimento do nosso pequeno produtor, que muitas vezes não tem para quem vender seu produto, ou mesmo não tem como transportá-lo. Através deste programa, vamos buscar estes produtos. Temos que incentivá-lo para que, desta maneira informal ele tenha seu lucro, e possa futuramente investir na sua propriedade e crescer. Além disto, atendemos nossas instituições com alimentos”, pontua o prefeito Bruno Cordeiro.

Comentários