Últimas Notícias
Capa / Colunas / Drª Sarah Camargos: Dor de estimação

Drª Sarah Camargos: Dor de estimação

Algumas pessoas tem dores nas costas, ombros, joelhos ou em outras regiões e esta dor “desaparece de forma espontânea ” porém há casos em que a dor insiste em não ir embora e algumas pessoas até “aprendem a conviver com ela”.
 
 Por não realizar um tratamento adequado vão se acostumando com ela e daí o apelido “dor de estimação “
Por medo da dor piorar evitam de agachar, pegar objetos no chão, dobrar a coluna e outros movimentos do dia-a-dia, sendo que o movimento adequado pode ser justamente um dos tratamentos para esta dor.
 
As vezes a dor aparece todos os dias ou incomoda o dia inteiro.Se a dor persiste por mais de três meses ela recebe o nome de dor crônica. Ela é real, não é coisa da sua cabeça e não é normal.
O que as pessoas não sabem é que a maioria das dores tem tratamento multifatorial e que é possível viver sem dor.
 
Agende sua avaliação fisioterapeuta pelo WhatsApp (34)98413-1569
 
Sarah Camargos
Fisioterapia de Resultados
Crefito 251 755-F
 
 
 
 

Comentários