Últimas Notícias
Capa / Cidade / Francisco será o primeiro diácono permanente de Sacramento
Francisco será o primeiro diácono permanente de Sacramento

Francisco será o primeiro diácono permanente de Sacramento

O sacramentano Francisco José Brigagão Caldeira, será o primeiro diácono permanente da cidade de Sacramento, ele que foi aprovado para ordenação diaconal recentemente, agora aguarda data que será ordenado.

Francisco José Brigagão Caldeira, católico, nascido em 27 de outubro de 1964, na cidade de Sacramento, filho de José Gomes da Costa Caldeira e Regina Helena Brigagão Caldeira. Casado com Sonia Claudia Borges Caldeira, a 25 anos, pai de Vitória Maria Borges Caldeira (16 anos) e Pedro Victor Borges Caldeira (15 anos).

Cursou o ensino Fundamental e médio nas Escola Estadual Coronel José Afonso de Almeida e Grupo Escolar Afonso Pena Júnior. Técnico em Geologia pela Escola Minas de Araxá e técnico em Contabilidade pela Escola Técnica de Contabilidade de Araxá. Graduado em curso superior de Direito pela Universidade de Uberaba e pós-graduado em Direito Processual pela Universidade de Franca. Trabalhou na iniciativa privada por 15 anos (farmácias em Sacramento e Agromáquinas em Araxá).

Funcionário público aposentado do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, onde atuou por 25 anos. Atuou como Membro da Diretoria da Santa Casa de Conquista, e do Conselho Comunitário de Segurança Pública Ostensiva de Conquista. Atualmente membro da diretoria da CIJU e, estudante de Teologia da Escola Diaconal Santo Estevão da Arquidiocese de Uberaba.

O diaconato permanente é um enriquecimento importante para a missão da Igreja. Desde o Concílio Vaticano II, a Igreja latina restabeleceu o diaconato como um grau particular dentro da hierarquia, enquanto as Igrejas do Oriente sempre o mantiveram assim.

Dessa forma, os homens casados que se dedicam a ajudar a Igreja por meio da vida litúrgica, pastoral ou nas obras sociais e caritativas podem se fortalecer recebendo a ordem do diaconato, unindo-se mais intimamente ao altar, para cumprir seu ministério com maior eficácia, por meio da graça sacramental do diaconato.

Um diácono pode batizar, assistir cerimonias matrimônios, assistir os enfermos com o viático, celebrar a Liturgia da Palavra, expor o Santíssimo Sacramento, pregar, evangelizar e catequizar, fazer a homilia, abençoar, fazer palestras e formações. Numa paróquia pode exercer muitas funções em conjunto com o pároco. O Diácono é responsável por cuidar da liturgia e estar em comunhão com tudo o que acontece na Paroquia.

Assim, a Igreja Católica, como na parábola do homem que tira algo novo e velho do seu tesouro, está sempre oferecendo formas novas de entrega em sua tarefa de ajudar a humanidade inteira

Comentários