Últimas Notícias
Capa / Destaque / Prefeito, vice e vereadores eleitos tem contas aprovadas
Prefeito, vice e vereadores eleitos tem contas aprovadas

Prefeito, vice e vereadores eleitos tem contas aprovadas

Foram diplomados, empossados e agora tiveram todas suas contas de campanha aprovadas pela justiça eleitoral, assim foi o despacho da juíza da comarca de Sacramento Dra. Ivana Fidelis Silveira (Juiza Eleitoral).

Despacho da Juíza Eleitoral

“Trata-se de Prestação de Contas relativa a campanha para as Eleicões 2020. O Cartório Eleitoral manifestou-se no sentido de não constatar obice a aprovação das contas. No mesmo sentido, o Ministério Público Eleitoral. Vieram os autos conclusos. E o relatório. Decido. Da analise dos autos, não se constatou a ausência de documentação obrigatória. A movimentação financeira da campanha foi feita regularmente, respeitando-se as normas eleitorais aplicáveis, especialmente no que tange a arrecadação de recursos e realização de despesas. Ademais, não se constatou o recebimento de recursos de fontes vedadas ou de origem não identificada, não houve extrapolação do limite de gastos, tão pouco omissão de receitas e despesas, nem tampouco de doadores. Assim, não restando caracterizada a ocorrência das irregularidades previstas no art. 65 da ResTSE nº 23.607/2019, a aprovação das contas e medida que se impõe. Isto posto, nos termos do art. 74, I, da ResTSE nº 23.607/2019, JULGO APROVADAS as contas apresentadas. Publique-se no DJE, com efeito de intimação ao órgão partidário. Intime-se o Ministério Público Eleitoral, via sistema, da presente decisão. Registre-se no Sistema de Contas Eleitorais e Partidárias – SICO. Após, arquivem-se os autos. Ivana Fidelis Silveira Juíza Eleitoral”.

Na oportunidade atuaram como advogados dos pedidos o Dr. Guilherme Borges dos Reis e Dr. Tulio Marcos Anselmo da Costa.

O prefeito Dr. Wesley De Santi de Melo (MDB), o vice Osmar Trevisan Jr. Tiveram suas contas de campanha para disputa da eleição de 2020 aprovadas na última terça-feira (09),

pela 243ª Zona Eleitoral do Estado de Minas Gerais. O aval da Justiça Eleitoral foi endossado pelo Ministério Público do Estado de Minas Gerais (MPMG), que ratificou o trabalho sério e transparente realizado durante o projeto.

Com essa decisão, o prefeito Baguá e vice Juninho Trevisan e os vereadores Carlos Antonio Rodrigues (Bananal) – (AVANTE), Dr. Pedro Teodoro Rodrigues de Resende (MDB), Dr. Talhys Andrey Nunes Rodrigues (PL), Ieda Gabriela Rezende (PP), Gregório Pereira (PP), Henrique Spirandeli de Andrade (PSB), Léia da Costa Borges (MDB), Sargento Edna (PL) e Marcio Luiz de Freitas (Marzola) – (MDB), continuam no caminho do trabalho, da seriedade e na conformidade no financiamento de suas campanhas, uma vez que as prestações de contas de todas campanhas foram aprovadas, ratificando assim a seriedade de seus respectivos cargos.

Comentários