Últimas Notícias
Capa / Editorial / Água
Água

Água

“A humanidade não tem dinheiro para extrair água em zonas áridas. Mas tem dinheiro para procurar água em Marte… A pergunta é: existe vida inteligente na terra?”

Ao ler este texto num post da internet, passei a pensar! Num instante de inércia, me deparei com a realidade. E lembrei que a grandeza do homem não está nas suas conquistas, mas sim na sua consciência.

Nossa história nós mesmos escrevemos, das nossas escolhas, virão os vários caminhos a serem percorridos e nossos sonhos podem também possibilitar a força necessária para onde queremos ir. Pode ser um caminho espinhoso, mas não menos proveitoso.

A escassez da água é um problema mundial. 12% da água doce do mundo encontra-se no Brasil. Aqui a temos em abundância e ainda estamos passando por uma crise hídrica antes nunca vista. O problema é sim de todos, devemos ser corresponsáveis no trato com este bem, que poderá custar muito caro no futuro.

Poluímos a todo instante o nosso próprio habitat, sendo que mais de 7 bilhões de pessoas fazem uso desta água diariamente, jogando, todos os dias milhões de litros de água pelos ralos. Quando ela vai embora, não damos conta do mal que causamos a vida dos rios, todos os dias recebendo toneladas de resíduos vindos com a água suja.

Ao abordar determinados representantes sobre a água que poluem nossos rios, os mesmos enchem o peito e dizem que é muito dispendioso limpar os rios afluentes, no entanto parecem esquecer que amanhã este bem não “existirá”.

Necessitamos de água para tudo, lembrando que 70% de nosso organismo é composto por água, e que algumas horas sem esse bem pode nos causar desconforto.

Muitas são as causas que motivam a falta de água, como poluição, seca do tempo, má distribuição do recurso, desmatamento e falta de investimentos para ir em busca desse bem. Muitos conflitos mundiais acontecem pela posse de água. Um exemplo claro são as águas do Rio Jordão. É um canal de água muito aproveitada para agricultura, tanto do lado de Israel como do lado da Jordânia.

Outro fator considerável é o crescimento populacional. Quanto mais pessoas no mundo, mais o consumo aumenta, e uma crise hídrica sem precedentes poderá fazer parte do cotidiano das pessoas num futuro bem próximo.

Não seria a hora de investirmos mais na nossa sobrevivência? Sem água, esse bem tão essencial, teremos impactos sociais, econômicos e ambientais irreversíveis, como baixa produção agrícola e industrial, falta de emprego, problemas com a saúde da população, surgindo epidemias, dentre outros males.

Nem toda água no mundo podem ser consumida, porém, a água deve ser vista como um bem precioso e deve ser preservado. Faça você mesmo três coisas diariamente que preserve a natureza, assim você já estará contribuindo, e lembre-se, busque o uso racional da água.

Para finalizar, lembrando da mensagem acima citada, acredito que, com tantas ações que degradam o mundo, não vejo racionalidade alguma. Estamos vendo mananciais, florestas, rios e lagos morrendo e o homem preocupado em conquistar outros planetas, sendo que não é capaz de cuidar nem mesmo do seu…

Incoerência ou loucura?

Carlos Antonio Rodrigues (Bananal)

Comentários