Últimas Notícias
Capa / Editorial / “Mulher morre após decidir não tratar câncer para não ter que interromper gravidez”

“Mulher morre após decidir não tratar câncer para não ter que interromper gravidez”

“Uma mulher que abriu mão de tratar um câncer para não prejudicar o nascimento de sua filha morreu neste sábado, três dias após o nascimento da criança. Carrie DeKlyen foi diagnosticada com câncer no cérebro em abril, mas preferiu não fazer quimioterapia porque seria necessário interromper sua gravidez. Ela morreu na cidade de Ann Arbor, no estado de Michigan, no Estados Unidos. Ela deu à luz a Lynn DeKlyen na quarta-feira. O bebê nasceu prematuro, com apenas 24 semanas. Carrie estava em coma desde julho, e os equipamentos que a mantinham viva foram desligados na quinta-feira. “É doloroso. Mas é o que ela queria. Ela queria proteger essa criança”, afirmou o marido de Carrie, Nick DeKlyen, à agência de notícias “AP”.

Nick, com quem ela já tinha tido outros cincos filhos, contou que o estado de saúde do bebê está melhorando aos poucos. “Ela vai ficar bem. Vai ficar aqui quatro ou cinco meses, mas esperamos que seja um bebê saudável. O médico disse que o momento (do nascimento) não poderia ter sido mais perfeito”, disse”.

Fonte: Jornal Extra

Amor de mãe

A reportagem acima me chamou atenção pela demonstração do mais puro amor existente entre pessoas. O amor materno pode ser considerado o forte que se possa imaginar. Seria você também capaz de tamanha prova de amor? Seria você capaz de abrir mão do seu bem mais precioso (a vida)?

Para muitos, a incapacidade de realizar tal ato com tanta bravura, se dá as vezes por medo, por ignorância ou até mesmo por inércia. O amor não pode ser comparado a nada, é tão profundo, intenso e o mais sincero dos sentimentos. É uma ligação criada desde os primeiros momentos de vida, quando ainda se é tão somente uma junção de células. Amor de mãe é imortal, e nos liga por uma eternidade. Seremos nós homens, capazes de mensurar tanta devoção, amor e cumplicidade?

Falta amor no mundo, isso é um fato. Enquanto os homens de boa fé, falam em acabar com a miséria na Terra, o representante da Coréia do Norte testa bombas e anuncia a criação de outra devastadora. Devemos cultivar a vida, semeando pela vida bondade, fraternidade e esperança, não podemos ser tão medíocres e “matar” em nome de Deus. Atitudes como a mãe decidir pela vida da filha, ao invés da sua própria, deve ser algo tido como exemplo sobre a humanidade, incentivando a tratar o seu próximo com mais respeito e dignidade.

Ações como essas deveriam tocar fundo o coração dos nossos representantes políticos, pois muitas de suas atitudes de corrupção impedem que crianças nasçam, vivam e cresçam, tudo isso por faltar dinheiro para investimentos em várias áreas de atendimento ao público.

O mais preocupante é saber que em anos de eleições a maioria do povo brasileiro não tem conhecimento real da atual condição de nossos futuros candidatos, não buscam saber da sua vida pregressa e se perdem em meio as ofertas financeiras insignificantes pelo voto.

Escuta-se falar sempre que determinado candidato será o “GRANDE SALVADOR”, mas não passam de falsos “Messias”, iludindo cada vez mais uma parte da população sedenta de amor, atitudes que geram sempre controvérsia, mas muitos falam sempre o que o povo quer ouvir.

A desconfiança da população e os recentes acontecimentos vem colocando em cheque a vida pregressa de candidatos que se perpetuaram no poder, como é o caso de muitos senadores, deputados e vereadores. A hora é agora, devemos ter mais “amor de mãe” em nossas ações cotidianas, seja com a família, amigos e com a vida, pois uma atitude contrária aos verdadeiros princípios pode acarretar problemas sérios para uma nação inteira.

“Dinheiro pouco importa se não traz paz e felicidade, pois o amor de mãe é infinito e acalenta qualquer dificuldade”.

De repente você se pergunta: qual o sentido da ligação entre um fato tão belo, onde o amor está representado na mais linda atitude, com a política? O fato é que se tivermos em nossas ações um pouco que seja do amor demonstrado, teremos um mundo cada vez melhor. Tenha amor em suas ações, seja coerente e não perca jamais o foco. Ver a vida passar na nossa frente sem nada fazer, não justifica nossa existência.

Carlos Antonio Rodrigues (Bananal)

Comentários