Últimas Notícias
Capa / Esporte / Fabrício Ribeiro fala sobre seus dois anos à frente da secretaria

Fabrício Ribeiro fala sobre seus dois anos à frente da secretaria

fabricio-esportesO Secretário de Juventude e Cidadania Fabrício Ribeiro, concedeu entrevista ao É Notícia onde falou de suas ações frente a esta pasta nesses dois anos, bem como as diferentes modalidades esportivas da cidade, as dificuldades encontradas, assim como o futebol de hoje.

É Notícia: Como você analisa esses dois anos a frente da Secretaria de Esporte?

Fabrício: Primeiramente muito obrigado por fazer a cobertura do copão e essa entrevista, que é de muita grandiosidade para nossa secretaria; que tem tudo para se destacar e aparecer no cenário regional. Esses último dois anos foram de muita experiência para mim principalmente na parte administrativa da Secretaria de Esportes; é um trabalho muito gostoso de fazer e estamos hoje com mais de mil atletas nas escolinhas de base, a cada momento buscamos inovar sempre mais em várias modalidades esportivas. Nós criamos o futebol de campo com o professor Chicão, que hoje tem mais de 220 alunos, temos também escolinhas de voleibol, futsal, handebol, temos as artes marciais, natação. Hoje são doze modalidades esportivas que comandamos a frente da secretaria, não podemos esquecer dos campeonatos internos, nós fazemos os municipais, os rurais, os copões; trabalhamos muito com os campeonatos mineiros como o JIMI, campeonatos regionais, nosso futsal amador foi enquadrada como a quarta melhor equipe de Minas. Nosso voleibol tem vários títulos regionais disputados e cada evento que fazemos o público demonstra que nosso trabalho esta sendo bem feito, por último agora no dia 09 fizemos no poliesportivo um evento que para mim foi muito grandioso, onde pude homenagear 15 dos maiores incentivadores do esporte sacramentano e praticamente todos compareceram ao ginásio com quase três mil pessoas, e mostrou aos presentes, onde a maioria tinha menos de 40 anos e não conhecia o trabalho que esses esportistas fizeram a quase cinquenta anos, então tive o prazer de trazê-los aqui e mostrar para essa rapaziada como tudo começou, e nossas homenagens não irão parar, pretendemos agora homenagear os esportistas mais atuais e homenagear também os ex atletas de Sacramento que ficaram marcados. Então tentamos mostrar como o esporte é fundamental na vida de cada um.

 É Notícia: Qual a maior dificuldade que você encontrou no esporte? Pois sabemos hoje que a juventude está cada vez mais próxima às drogas, uma realidade que infelizmente está em todos os lugares e pode acabar escondendo um possível craque do esporte.

Fabrício: Com certeza isso é uma grande dificuldade, estamos com as escolinhas oferecendo gratuitamente a população, e cada dia que passa estou percebendo que a moçada esta procurando novos ares, tecnologia, celulares, a droga e a bebida esta muito fácil e tenho percebido que falta de incentivo não é, realmente a moçada não quer procurar mais, a prática esportiva tem diminuído e a criminalidade aumentado. Nós estamos aqui; no que depender da gente estamos correndo atrás em dar e mostrar a importância da prática esportiva.

 É Notícia: Qual outra modalidade além do futsal tem se destacado?

Fabrício: Nós estamos aqui para trabalhar com a unificação das modalidades esportivas, não focamos nem uma nem outra, algumas são vividas de momentos, participando das competições em que hora se sai bem e às vezes nem tanto assim. As modalidades que se saíram bem foram realmente o voleibol, futsal, handebol, o basquete também teve seu merecimento e não posso esquecer do futebol de campo, onde o Chicão traz força a secretaria através dos torneios e amistosos em que participa. Então não tem A ou B que é prioridade não, aqui a gente divide tudo e trabalha igualmente com as 12 modalidades esportivas.

 É Notícia: Existe alguma atividade diferenciada para esse ano de 2015?

Fabrício: Esse ano vamos trabalhar para disputarmos o Campeonato Mineiro de novo, tem um custo alto, porém é bem organizado. Disputamos ele em 2013, no ano passado não participamos e nosso foco principal é voltar a disputa-lo esse ano. Também vamos implantar o Veteranos de Futebol de Campo, com quatro participantes de outras cidades e mais quatro equipes de Sacramento, iremos fazer esse novo torneio logo em fevereiro, e os jogos serão no Atlético e no Areão e manteremos nossas atividades nas escolinhas ao longo do ano normalmente.

 É Notícia: Em relação à qualidade do futsal de Sacramento, você acha que sofreu uma queda ou o futsal que mudou?

Fabrício: O futebol de salão de 20 anos atrás esta totalmente diferente do de hoje , atualmente ele esta muito dinâmico, antes havia muito posicionamento, já hoje todo mundo joga por si, é muito tático, muito jogado e muito bonito e felizmente temos essas qualidades em Sacramento. Pela falta de torneio ano passado, faltou treinamento no nosso futsal, mas nossa qualidade não acabou, temos ótimo atletas, como citei ficamos em quarto colocado no estado, atrás apenas do Minas Tênis Clube, Olímpico e do Teófilo Otoni. Esse ano passado disputamos o JIMI, a segunda etapa, e fizemos o feito de ganhar na final de 6×1 do Praia Clube que é uma equipe semiprofissional; e essa foi para mim a maior vitória desde que estou aqui na secretaria.

Comentários