sábado, 4 julho, 2020
Capa » Saúde » 31 de Maio dia do Tabagismo
31 de Maio dia do Tabagismo

31 de Maio dia do Tabagismo

No dia 31 de Maio é celebrado o Dia Mundial Sem Tabaco, uma data que visa alertar sobres os malefícios que o tabagismo acarreta na saúde e fazer com que os fumantes larguem o vício adotando um hábito saudável para as suas vidas. No Brasil, o combate ao tabagismo se dá através de uma Lei Federal de 1996, que restringe o uso e a propaganda de produtos derivados do tabaco em locais coletivos, públicos ou privados, em uma clara medida para reduzir o índice de fumantes no país.

Parar de fumar nunca é uma tarefa fácil. A boa notícia é que existem grupos de apoio para incentivar quem quer abandonar o vício.

Segundo a enfermeira coordenadora do programa em Sacramento, Marta Helena da Silva as reuniões que aconteciam semanalmente no auditório do CRES, e incluíam rodas de conversa, palestras, dinâmicas e terapias, estão suspensas desde o início da pandemia causada pelo novo coronavirus. Ressalta ainda que assim que se estabilizar a pandemia o grupo será reiniciado com os encontros onde serão abordados diferentes conteúdos, como a história do tabaco, os primeiros dias sem cigarro, malefícios que o fumo traz para a saúde, substâncias químicas presentes no cigarro, técnicas de relaxamento, medicações e outras atividades.

O tabagismo é uma doença causada pela dependência física à nicotina. A substância encontrada nos derivados de tabaco age no aumento da contração dos vasos sanguíneos, acelerando a frequência cardíaca e aumentando a pressão arterial, o que pode levar à isquemia (suspensão da circulação do sangue) e ao infarto agudo do miocárdio. Já o monóxido de carbono produzido por meio da queima do cigarro, causa diminuição da oferta de oxigênio ao coração, levando também à isquemia, privando alguns órgãos do oxigênio, causando deficiência na oxigenação dos tecidos, podendo assim ocasionar doenças como a aterosclerose. Dessa forma, a junção da nicotina com o monóxido de carbono pode provocar diversas doenças cardiovasculares.

Vagas de Emprego

Comentários