segunda-feira , 20 maio 2024

Acidentes com animais peçonhentos: saiba como evitar e o que fazer caso aconteçam

Pronto Atendimento do Hospital Unimed Araxá está preparado para prestar assistência imediata nestes casos

Acidentes com animais peçonhentos são situações frequentes em vários lugares, principalmente em locais com campos e áreas rurais. Esses animais produzem venenos por alguma glândula e são capazes de injetá-lo por dentes modificados, ferrão, quelíceras (pinças), pelos espinhos, entre outros. Essa capacidade de injetar diferencia o animal peçonhento do animal venenoso porque o animal venenoso não apresenta aparelho inoculador.

Os acidentes mais comuns com animais que possuem esse aparelho inoculador ocorrem com as serpentes, aranhas e escorpiões.

O que acontece no organismo após uma picada de serpente?

Bom, antes de tudo devemos entender que as modificações no corpo decorrentes do acidente irão variar de acordo com cada tipo de serpente, porém, a maior parte das serpentes estimula o corpo a ter reações semelhantes. Os venenos das serpentes são produzidos por glândulas e possuem diversas moléculas, conhecidas como toxinas, que podem estimular reações indesejadas no organismo.

No local da inoculação do veneno haverá um aumento de fluxo sanguíneo e de quantidade de células de defesa, causando um edema (inchaço) e reação inflamatória. As toxinas podem se espalhar no organismo, causando reações mais sistêmicas e, com isso, induzem distúrbios hemostáticos relacionados à coagulação do sangue por meio da ação de suas toxinas pró-coagulantes e/ou podem causar hemorragias.

Reações no organismo

• Dor

• Formigamento

• Marcas de picada

• Edema

• Vômitos

• Pressão Baixa

• Dores Musculares

É importante salientar que nem todas essas sintomatologias serão apresentadas no acidente, pois há vários tipos de serpentes e, consequentemente, sinais e sintomas diferentes.

O que fazer caso ocorra a picada?

✓ Lavar o ferimento com água (corrente) ou água e sabão;

✓ Encaminhar rapidamente para o serviço de urgência PA /HUA;

✓ Manter a vítima calma e hidratada;

✓ Se possível, capturar o animal e levar para o serviço para uso do soro mais adequado.

O que não fazer?

✓ Não amarrar ou utilizar torniquete;

✓ Não aplicar qualquer tipo de substância no local;

✓ Não cortar, perfurar ou queimar o local da picada;

✓ Não dar alimentos ou bebidas alcoólicas à vítima;

✓ Não tentar remover ferrões e/ou veneno.

O Pronto Atendimento PA/HUA possui como uma das suas funções a assistência às vítimas de acidentes por animais peçonhentos, entre outros casos. Em caso de acidente, o hospital estará pronto para prestar assistência imediata a você conveniado Unimed!

Barbara Maria Fonseca Rodrigues
Enfermeira Coord. PA/Hua

Lincoln Carneiro dos Santos Filho
Médico Coord. Clínica Médica PA/Hua

Sobre Jornal É Notícia

O Jornal a serviço de Sacramento / WhatsApp: 34 9 8423-26 86

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *