quarta-feira , 24 julho 2024

Audiometria: um exame fundamental para a saúde auditiva

Médico da Unimed Araxá explica quando ele é indicado e como é feito o procedimento

Conforme a Organização Mundial da Saúde (OMS), 10% da população mundial tem algum tipo de deficiência auditiva. A perda auditiva neurossensorial (PANS) pode impactar a qualidade de vida dos pacientes e de suas famílias nos âmbitos biológico e psicossocial.

Para identificar as alterações do padrão auditivo é necessária a investigação da saúde auditiva da população. Segundo o médico Marcelo Viviani, otorrinolaringologista da Unimed Araxá, a avaliação da condição auditiva de um indivíduo inclui uma análise completa. “São exames audiológicos básicos, como audiometria tonal, audiometria vocal e imitanciometria, que são considerados exames mínimos necessários para se aferir a audição de um indivíduo e auxiliar no topodiagnóstico das lesões do sistema auditivo”, diz.

Além desses exames básicos, existem também os exames complementares que contribuem com informações mais detalhadas sobre a audição e o sistema auditivo. “Os exames complementares mais utilizados são exames de emissões otoacústicas (EOA), exame de potenciais evocados auditivos (PEATE), exames de respostas auditivas de estado estável e exames vestibulares e teste de processamento auditivo central”, explica Viviani.

 

Cada um desses exames tem objetivos específicos e características peculiares para se concluir um diagnóstico audiológico. “Os exames realizados devem ser analisados em conjunto”, afirma o médico.

Audiometria

O principal objetivo da audiometria tonal é investigar a função auditiva. Além disso, o exame fornece informações sobre o possível local da lesão. Pode ser realizado em adultos e em crianças a partir de aproximadamente 6 meses de idade. Técnicas especiais foram desenvolvidas para se obter respostas em diferentes faixas etárias, como audiometria de reforço visual (VRA), utilizada em crianças de 6 meses até 2 a 3 anos de idade, e a audiometria lúdica, utilizada em crianças de 4 a 5 anos de idade.

“A audiometria tonal identifica a presença ou ausência da perda auditiva. Essa verificação ocorre por meio da pesquisa da menor intensidade capaz de provocar uma sensação de audição em um indivíduo, ou seja, a pesquisa do limiar auditivo”, explica Viviani.

Com o surgimento do audiômetro, tornou-se possível determinar precisamente o limiar auditivo dos indivíduos. Antes de iniciar os procedimentos audiológicos específicos é fundamental realizar uma entrevista (história clínica) com os pacientes, a fim de identificar a queixa principal, os sinais e os sintomas relatados, que contribuam para a interpretação do quadro audiológico. Além da história clínica é de fundamental importância o exame otorrinolaringólico completo, com meatoscopia (exame do ouvido), para possíveis causas externas (rolha de cera por exemplo).

O exame de audiometria tonal e vocal deve ser realizado em ambiente acusticamente tratado. Isto quer dizer que as salas de teste devem ser suficientemente silenciosas a fim de evitar que os estímulos apresentados ao paciente sejam mascarados pelo som ambiente.

“No dia do exame o paciente tem que estar clinicamente bem, descansado, sem quadro infeccioso, principalmente infecção de vias aéreas superiores, que interfere no resultado audiológico”, alerta Viviani. O exame é realizado em uma cabine tratada acusticamente e geralmente demanda um tempo em torno de 15 minutos, dependendo do tipo de problema clínico a ser investigado.

Sobre a Unimed Araxá

Referência no segmento, a Unimed Araxá tem atualmente 200 médicos cooperados nas mais diversas especialidades e atende mais de 40 mil beneficiários e aproximadamente 650 empresas contratantes nas cidades de Araxá, Ibiá, Campos Altos, Perdizes, Pedrinópolis, Tapira e Pratinha.

A cooperativa iniciou suas atividades em 11 de maio de 1989 para atender ao anseio da classe médica em proporcionar um atendimento digno e ético aos clientes e ampliar o campo de trabalho dos cooperados. Desde 2017 tem seu hospital próprio, que conta com o que há de mais moderno e eficiente na área e que também integra um Centro de Diagnóstico por Imagens e um Moderno Laboratório de Análises Clínicas. Recentemente inaugurou nas mesmas dependências um moderno Centro de Oncologia, o setor oferece estrutura de quimioterapia.

Em sua Clínica Multidisciplinar oferece atendimento exclusivo de profissionais como psicólogos, nutricionistas, terapeutas ocupacionais e fonoaudiólogos. O Espaço Viver Bem oferece programas de saúde voltados à melhoria da qualidade de vida, promoção da saúde e prevenção de doenças.

A Unimed Araxá faz parte do maior e melhor complexo de operadoras de planos de saúde do Brasil, com ampla rede credenciada, e quer proporcionar à sua família e aos colaboradores da sua empresa a segurança e tranquilidade para garantir o bem estar e a saúde.

Sobre Jornal É Notícia

O Jornal a serviço de Sacramento / WhatsApp: 34 9 8423-26 86

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *