sábado , 22 junho 2024
(34) – 3351 – 2881 ou (34) 99939 – 4018

Implante de dentes em diabéticos

A colocação de implantes em pacientes com diabetes é um assunto importante a ser abordado, uma vez que essa condição médica pode ter implicações na cicatrização de feridas e na saúde bucal em geral. Os implantes dentários são uma opção popular para substituir dentes perdidos, mas é necessário considerar cuidadosamente a viabilidade desse procedimento em pacientes com diabetes.

O diabetes é uma doença crônica que afeta a capacidade do organismo de regular os níveis de glicose no sangue. A diabetes pode levar a complicações como neuropatia periférica, doença vascular e diminuição da resposta imunológica. Essas condições podem influenciar o processo de cicatrização e a resposta do organismo a um implante dentário.

Antes de realizar a colocação de implantes em pacientes com diabetes, é essencial que um profissional de saúde realize uma avaliação completa do paciente. Isso inclui uma avaliação da saúde bucal, um controle adequado da diabetes e uma análise da resposta do sistema imunológico. O paciente deve ter um bom controle da glicose no sangue, o que pode ser alcançado através de medicamentos, dieta adequada e exercícios físicos.

Durante o processo de colocação do implante, é importante que a equipe odontológica tome precauções extras. O controle da infecção é fundamental, e a prescrição de antibióticos profiláticos pode ser considerada. Além disso, a avaliação e o tratamento de qualquer doença periodontal existente devem ser realizados antes da colocação do implante.

Acompanhamento frequente também é crucial para garantir que a saúde bucal do paciente com diabetes esteja sendo devidamente mantida após a colocação do implante. Visitas regulares ao dentista para limpeza e exames são fundamentais para evitar complicações, como a doença peri-implantar.

É importante ressaltar que cada caso é único, e a decisão de colocar implantes em pacientes com diabetes deve ser individualizada e baseada em uma avaliação cuidadosa dos riscos e benefícios. Em alguns casos, pode ser necessário adiar a colocação de implantes até que a condição diabética esteja bem controlada.

Em resumo, a colocação de implantes em pacientes com diabetes requer uma abordagem cautelosa e uma equipe odontológica bem treinada. O controle adequado da diabetes, a avaliação da saúde bucal e a atenção especial ao processo de cicatrização são aspectos fundamentais para o sucesso desse tipo de procedimento em pacientes diabéticos.

Dr. Elder Alves / Clínica Desing

 

Sobre Jornal É Notícia

O Jornal a serviço de Sacramento / WhatsApp: 34 9 8423-26 86

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *