quarta-feira , 24 julho 2024

MPMG arquiva investigação sobre obras em estrada que leva a sítio pessoal de Zema

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) decidiu arquivar a investigação referente às obras de recuperação da MG-428, realizadas pelo governo de Minas Gerais. A rodovia inclui o trecho que leva à cidade de Rifaina/SP, onde fica um sítio pertencente à família do governador Romeu Zema (Novo).

Segundo o MP, o arquivamento foi realizado com base na constatação de que não foram encontradas irregularidades nas obras da rodovia, que conecta a região de Araxá e Uberlândia até a divisa com São Paulo. A investigação foi solicitada pela deputada estadual Bella Gonçalves (PSOL), com base em uma reportagem do jornal “O Globo” que mostrava a obra na estrada. Conforme a parlamentar, o governador teria utilizado recursos públicos em benefício próprio.

O pedido da deputada foi protocolado no dia 29 de junho. O custo total da recuperação é estimado em R$ 41,2 milhões e a obra, que foi planejada pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER), está programada para ser realizada no segundo semestre deste ano.

De acordo com a promotora Elizabeth Villela, da Promotoria de Defesa do Patrimônio Público, a apuração constatou que a obra era necessária para a reestruturação da MG-428, o que foi reconhecido tanto pela deputada quanto pelas imagens e documentos técnicos fornecidos pelo DER-MG e pela AGE.

A promotora argumenta que não seria razoável esperar que um gestor público, ao se deparar com a necessidade de obras na região de Araxá e arredores, se abstivesse de realizar reparos em um trecho da estrada apenas por beneficiar indiretamente suas propriedades na área afetada.

Fonte: MPMG arquiva investigação sobre obras em estrada que leva a sítio pessoal de Zema – https://jmonline.com.br/politica/mpmg-arquiva-investigac-o-sobre-obras-em-estrada-que-leva-a-sitio-pessoal-de-zema-1.293798

Sobre Jornal É Notícia

O Jornal a serviço de Sacramento / WhatsApp: 34 9 8423-26 86

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *